quinta-feira, 21 de maio de 2015

Bairro ecológico?

Imagem da Internet
UnB constata que Noroeste não é tão ecológico

Uma pesquisa da UnB mostrou que, no quesito energia elétrica, o Noroeste não é tão ecológico como se propôs no passado. Foi constatado que os prédios do novo bairro têm eficiência energética inferior aos construídos no Plano Piloto entre 1980 e 2004. Numa escala em que A representa maior eficiência, os prédios pesquisados no Noroeste alcançaram o nível C. As construções do Plano atingiram grau A. Isso não tem a ver com o perfil de moradores. Trata-se dos gastos decorrentes pela arquitetura dos prédios ou materiais usados na obra. “No Noroeste os prédios têm muito vidro e reúnem até seis apartamentos por andar. Por não serem vazados, perdem ventilação e iluminação natural", explica Ana Belmont, responsável pela pesquisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário