quinta-feira, 28 de maio de 2015

Veio tarde

Imagem da Internet
Decisão do STF: justiça tardia para Arruda

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram ontem (27) que o mandato em cargos majoritários pertence ao candidato, não ao partido como já reconhecido em se tratando de eleições proporcionais. A decisão ocorre exatos cinco anos depois de o TRE-DF cassar o mandato do ex-governador Arruda, alegando que o mandato pertencia ao DEM. "Com diria Rui Barbosa, justiça tardia é a mais cruel das injustiças", desabafou um amigo do ex-governador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário