sexta-feira, 31 de julho de 2015

Resultado

Enquete revela opinião do público 

Terminou hoje (31) a votação da enquete no nosso Site. Os participantes opinaram sobre a capacidade da Câmara Legislativa manter mais de duas CPIs funcionando ao mesmo tempo. O resultado foi: 66% disseram não ser possível e outros 34% concordaram. Uma nova pergunta já está no ar. Participe!

Estreia

Divulgação
Hélio Porto Jr: de volta pra Supra

O jornalista, professor e radialista Hélio Porto Júnior assume, a partir de amanhã (01), a apresentação do programa "Momento do Povo", na Supra Fm (90,9). O programa contará com conteúdo inédito, focado no jornalismo cidadão e na produção de reportagens especiais. Será transmitido diariamente das 05h às 07h.

Vencedora

Imagem da Internet
Empresa vai operar região do Gama

A Secretaria de Educação contratou a Transreal para fazer o transporte de estudantes na região do Gama. O valor do contrato é de aproximadamente R$ 10,3 milhões, pelo período de 30 meses. O custo do quilômetro rodado está saindo a R$ 6,84.

Melhor

Divulgação
Valmir Amaral: recuperação

O ex-senador e empresário Valmir Amaral continua no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde se recupera do acidente que sofreu em maio. Amaral perdeu peso, ainda respira com ajuda da traqueostomia a que foi submetido, mas anda e fala normalmente. Nos próximos dias passará por cirurgia plástica para corrigir pequenos cortes. Em seguida voltará para a casa, em Brasília.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Integração

Rádio fará integração com portal

A propósito, o portal Metrópoles - que entra no ar no próximo dia 26 - contará com um estúdio na redação para entradas ao vivo na rádio OK Fm, que pertence ao mesmo grupo investidor. Os jornalistas do Metrópoles entrarão de hora em hora com um resumo das principais notícias do dia.

Mirando a concorrência

Imagem da Internet
Geraldo Naves: novo horário

O programa Barra Pesada, apresentado pelo jornalista Geraldo Naves na OK Fm (104,1), vai mudar de horário. Passará a ser veiculado de 6h às 7h. Vai concorrer diretamente com o também policial DF Alerta, de Fred Linhares, da Clube Fm (105,5). A antiga faixa do Barra Pesada, de meio-dia às 14h, por enquanto, terá programação musical. Com a mudança, a OK também cria o que está sendo chamado de "trilogia da acidez", já que após a atração comandada por Geraldo Naves serão exibidos Os Cabeças da Notícia e Retrato Falado, apresentados respectivamente por Toninho POP e Mino Pedrosa.

Três perguntas para... Robério Negreiros

Divulgação
Robério: governo ainda está perdido

Oriundo do setor produtivo, o deputado distrital Robério Negreios (PMDB) está preocupado com a forma com que o GDF tem tratado os empresários. No campo político também prega a independência entre os poderes. Sobre esses e outros assuntos ele responde às "três perguntas do dia..."


CB- Como avalia os sete primeiros meses do atual governo?
Robério:
O Governo ainda está perdido e preso ao mesmo discurso repetitivo da herança maldita. Está na hora de mostrar a que veio. Os cidadãos não conseguem mais acreditar em discursos bonitos e demagógicos e querem resultados.Tenho a impressão de que o atual governo já está mal avaliado e se não mudar a direção com urgência, vai aprofundar ainda mais os graves problemas que o Distrito Federal tem enfrentado. É inadmissível dizer que faltam recursos para a Saúde e para o pagamento da folha dos servidores, tentar aumentar os impostos -elevando o IPTU, em alguns casos, em mais de 600% - e, pouco tempo depois, anunciar um pacote politiqueiro com investimentos da ordem de R$ 5 bilhões. Ou começa a trabalhar, ou teremos mais quatro anos perdidos na história do DF.

Acha que a crise entre poderes será amenizada no segundo semestre?
O Legislativo é o guardião dos direitos do cidadão. Então não entra em crise com outros poderes. Porém, o Executivo precisa entender que somos poderes independentes e os deputados eleitos não vão se furtar a fazer a defesa do povo. Acho que sucessivos governos tentam endemonizar a Câmara, com o único objetivo de enfraquecê-la. Essa é uma visão ligada àqueles que têm o espírito de ditadores e acham que são donos do governo. A CLDF tem feito seu papel institucional e acredito que continuará fazendo. O jogo sujo, com gravações e exposição malsã de deputados não vai fazer com que a Câmara dê um passo atrás. Não vamos aceitar aumento de impostos, sem que a necessidade fique evidente. Também não vamos deixar que interesses pouco ou nada republicanos prevaleçam na venda de ativos das empresas públicas. A terceirização dos serviços públicos na pasta da Saúde, também será olhada com lupa por todos nós, deputados distritais eleitos pelo povo. O governo precisa descer do palanque das eleições e começar a trabalhar. Os distritais estão todos os dias nas cidades. Nós sabemos quais as reais demandas do povo e queremos colaborar. O governo, se entender isso, não terá dificuldades com a Câmara, pois todos estaremos unidos no mesmo propósito: cuidar da nossa gente e transformar os graves males que atingem o DF em oportunidades.

Sobre economia... De que forma o governo local pode atuar para ajudar o setor produtivo a sair do sufoco?
Acho que se o governo honrar os compromissos que já existem, já estará dando um passo nesta direção. O ditado popular diz que quem não ajuda, não deve atrapalhar. O governo, em seu discurso, trata o setor produtivo como um inimigo. Esse é um retrocesso ideológico aos tempos em que o mundo estava dividido de maneira maniqueísta entre bom e mau, entre liberais e comunistas. Os empreendedores giram a economia, alimentando o círculo virtuoso de geração de emprego e renda, aumento do poder de consumo, aquecimento da economia local e da arrecadação de impostos. O DF tem excelentes empresários que reinvestem aqui seus lucros. Quase todos são gente de bem. Então porque privilegiar apenas alguns poucos amigos do rei?!. O governo precisa entender o setor produtivo como parceiros e colocá-los na mesa para ajudar a buscar soluções para a crise que estamos passando. Ficar encastelado no Buriti, longe das ruas, do povo e dos empresários, é uma visão míope e que não ajuda em nada. O governador precisa andar menos de helicóptero e colocar mais os pés na realidade.Tenho certeza que os nossos empresários e todo o setor produtivo vão ajudá-lo, e muito.

Outra

Imagem da Internet
Terracap: licitação milionária


A Terracap abriu licitação para contratar empresa especializada em vigilância desarmada. O valor estimado do contrato é de R$ 9,7 milhões. A abertura de propostas será no próximo dia 6.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Bate e Rebate

Imagem da Internet
Gondim: motivo da discórdia

Uma declaração dada pela presidenta da Câmara Legislativa, deputada Celina Leão (PDT), sobre o novo secretário de Saúde, Fábio Gondim, virou motivo para o ex-secretário da Casa Civil, Hélio Doyle, provocá-la. O resultado? É o tema do Bate e Rebate da semana.


"@cbonlinedf diz que presidente da Câmara (Legislativa) quer conhecer novo secretário de Saúde. Para que será? Se não conseguir os cargos vai querer derrubá-lo também?"

HÉLIO DOYLE - Ex-secretário da Casa Civil



"A melhor resposta para um idiota é o silêncio. Mostra que ele nem tem valor, nem importância."

CELINA LEÃO - Presidente da Câmara Legislativa

Novidades

Grupo pode causar reviravolta no DF

A semana que vem será decisiva para o PSDB no DF. No dia 7 termina a prorrogação de dois meses do mandato da atual executiva. Obrigatoriamente novos integrantes terão que ser escolhidos, já que a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia, o deputado Raimundo Ribeiro, Sebastião Melchior, João Carlos Lóssio, Luiz Pitiman e Virgílio Guimarães - todos integrantes da atual gestão - já deixaram claro que não aceitam compor a executiva numa eventual nova prorrogação do mandato.

Contrato assinado

Renovou com o GDF


A Valor Ambiental renovou contrato com o GDF para serviço de coleta de lixo. É o sexto aditivo, repactuado em R$ 79 milhões para o período de 12 meses.

Depois do helicóptero...

Imagem da Internet
Bombeiros: compra de lancha

O Corpo de Bombeiros do DF abriu licitação para comprar uma lancha, que atenderá ocorrências no Lago Paranoá. O custo estimado é de R$ 1,5 milhão.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Três perguntas para... Miguel Lucena

Imagem da Internet
Lucena: o GDF vai mal de inteligência

Delegado experiente, Miguel Lucena ganhou outro papel no atual governo: coordenar um setor criado para monitorar informações que pudessem gerar crise ao Palácio do Buriti. Foram quase sete meses de trabalho. A nova configuração da Casa Civil excluiu essa atividade do rol de atribuições e, com isso, Lucena foi exonerado. Sobre esse e outros assuntos ele responde às "três perguntas do dia..."


CB- Qual era o objetivo do GDF ao criar uma coordenação de Análise da Informação na Casa Civil?
Miguel Lucena: O objetivo era analisar informações  relativas a candidatos a cargos comissionados do GDF e informar ao governo sobre a ocorrência de fatos relevantes de interesse do Estado, como ocupações de vias, invasões de áreas públicas e prédios. O nosso trabalho era de antecipação.

A sua saída do cargo tem a ver com episódio da gravação da reunião com parlamentares?
A minha saída tem a ver com a redefinição do papel da Casa Civil, totalmente  voltada  para elaboração e coordenação  de projetos - com a chegada de Sérgio Sampaio.

O governo Rollemberg está no rumo certo em se tratando de informação e comunicação?
O GDF vai mal de inteligência. É um erro que a esquerda  sempre comete,  por preconceito ou desinformação. Não investe e discrimina. Todas as grandes corporações e os países mais avançados  do mundo investem em inteligência. Inteligência é saber que vai chover e sair de guarda-chuva. É  simples, mas o operador e o decisor estratégico precisam estar  preparados para a missão.

Vice

Divulgação
SBT: vice-líder em Brasília

Saiu mais um consolidado do Ibope com a audiência das emissoras de TV do DF. Nos últimos doze meses, a TV Globo manteve a liderança. O SBT, pelo terceiro ano consecutivo, ficou em segundo lugar na Capital -  seguido pela TV Record, Band, TV Brasília e TV Brasil. Para comemorar o posto de vice, agora também em nível nacional, o SBT lançou uma campanha humorada (acima). O ranking não inclui as antigas emissoras UHF (TV Câmara, TV Senado, TV Gênesis, TV Justiça, etc).

Bastidores

Imagem da Internet
Agnelo: preparando o terreno

Em Brasília desde a semana passada, o ex-governador Agnelo Queiroz começou uma rodada de conversas com deputados distritais que compunham a base do governo passado. Um dos temas tratados é a indicação do nome para ocupar a vaga que deve ser aberta no Tribunal de Contas do DF. Agnelo tem pedido voto para Wasny de Roure (PT), que ao ocupar uma cadeira na Corte terá como tarefa julgar as contas do GDF de 2014 - o temido ano em que relatórios preliminares mostram descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal.

No Congresso...

Divulgação
Impeachment


O advogado e suplente de deputado federal pelo DF Paulo Fernando (PSDB) protocolou na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment da presidenta Dilma, com a tese de crime de responsabilidade por omissão.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Cabo eleitoral

Imagem da Internet
Doyle: "(Dr Michel) nada entende de contas"

O ex-secretário da Casa Civil, Hélio Doyle, declarou apoio ao distrital Wasny de Roure (PT) para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas do DF. "É claro que o Wasny é melhor no TCDF do que o outro deputado (Dr Michel), que nada entende de contas. Mas está na hora de mudar: chega de politicagem", escreveu Doyle na conta que mantém no Twitter.

Atualização 13:34 - O distrital Dr Michel enviou a seguinte mensagem: "Se o outro deputado for eu, realmente o Hélio Doyle tem razão - até porque não estou concorrendo".

Mais destinos

Voo direto para Navegantes-SC

A TAM confirmou mais um voo partindo de Brasília. O destino é Navegantes, em Santa Catarina, cidade vizinha ao Beto Carrero World e ao Balneário Camboriú. Serão seis frequências semanais, a partir do dia 4 de setembro.

Opinião da semana

Imagem da Internet
Jogo de cartas marcadas

O setor de transporte no DF nunca foi tema de grande importância ao longo dos mais de 50 anos da capital. Na verdade com o crescimento populacional dos anos 90, fruto das novas cidades, só então o assunto ganhou destaque. Explorado por poucos que enriqueceram muito e ofereciam quase nada para quem precisava se deslocar. Ônibus velhos, sem controle, muito subsídio e, por fim, as vans irregulares, cujo fim foi comemorado, menos pelas máfias que se beneficiaram delas. Os órgãos de controle e fiscalização do sistema, tão velhos quanto os ônibus, pouco fizeram. Resultado: licitações de fachada, bilhetagem nas mãos dos empresários e transporte pirata à vontade na Capital Federal. Finalmente, a tacada final: mudaram o nome. Da antiga Secretaria de Transportes temos agora a Secretaria de Mobilidade. Os vícios e os erros continuaram os mesmos. E a mobilidade oh, só aparece no discurso e nas multas. Milhões em multas. Agora mudam os nomes de integrantes da secretaria, afinal pneu careca e peças desgastadas, segundo o próprio secretário, devem merecer a devida troca. Para o  DFTrans inovaram, mas um estrangeiro, direto do Espírito Santo, um Estado que não é lá o melhor exemplo de mobilidade. A continuar assim vão ter que apelar pra Deus, coisa que a população já faz todos os dias. Afinal só Deus sabe se o cidadão vai chegar no trabalho ou em casa a tempo e a hora.

Reação

Imagem da Internet
Miziara x Rollemberg

Ex-secretário de Saúde, o médico Elias Miziara usou as redes sociais para protestar contra as justificativas dadas pelo governador Rollemberg ao indicar novo gestor para a Secretaria de Saúde. "O governador do DF joga toda a culpa sobre os médicos ao justificar a escolha de um profissional não-médico, o que poderia fazer sem qualquer justificativa, declarando que se vai enfrentar o corporativismo dentro da instituição! Com a palavra o Sindicato dos Médicos do DF. Em tempo: o atual governador do DF votou contra a Lei de Regulamentação do Exercício da Medicina quando deputado federal".

domingo, 26 de julho de 2015

Reflexo da crise

Restaurante fechado

O Burger King da avenida Araucárias, em Águas Claras, ficou fechado por quase um mês.

sábado, 25 de julho de 2015

Tchau

Imagem da Internet
Tiririca: vetado no BCC

O deputado federal por SP e humorista Tiririca (PR) foi expulso do quadro de associados do Brasília Country Club. O motivo seria o descumprimento de normas "de conduta" previstas no estatuto.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Questionamento

Imagem da Internet
Bombeiros: promoções em risco

Uma representação do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do DF questiona possíveis irregularidades em relação às promoções de militares do Corpo de Bombeiros, ocorridas em 2008. O caso será apurado.

Aqui não tem crise!

Imagem da Internet
Flamingo: resultados em alta

A Flamingo Hotéis e Turismo S/A, controladora do Motel Flamingo (na saída para Sobradinho), registrou receita de R$ 7 milhões em 2014. O número é 5% maior que no ano anterior. Com esse resultado, o lucro líquido foi de R$ 1,5 milhão.

Mudança de destinação

Imagem da Internet
Delmasso: mais saúde

No fim de junho, o GDF enviou a Câmara Legislativa um projeto que abre crédito de R$ 54 milhões ao transporte. O deputado Delmasso (PTN) vai propor que boa parte deste valor seja remanejada para a saúde. "É prioridade", disse.

Pra acalmar...

Imagem da Internet
GDF: compra robusta

A Secretaria de Gestão Administrativa vai gastar R$ 714 mil na compra de erva chá, adoçante, leite  pasteurizado, leite integral e açúcar. A licitação será na próxima terça-feira (28).

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Foco

Imagem da Internet
Saúde é alvo do TCDF

O Estado de Emergência na Saúde tem gerado trabalho ao Tribunal de Contas do DF. Técnicos, procuradores de justiça e conselheiros estão passando uma lupa nos contratos fechados neste período em que, a grosso modo, "tudo está liberado". São 17 processos em análise. Na lista estão compras de fraldas, órteses e próteses, lençóis e equipamentos milionários usados para diagnóstico de doenças.

Pitada de polêmica

Imagem da Internet
 Lobão faz show no sábado

Lobão estará em Brasília no próximo dia 25 para um show no Iguatemi, às 21h. No repertório estarão músicas inéditas, além dos clássicos rebeldes. Os ingressos variam de R$ 50 a R$120.

Três perguntas para... Rafael Prudente

Imagem da Internet
Rafael Prudente: independente

Deputado distrital em primeiro mandato, Rafael Prudente (PMDB) se diz independente. Na Câmara Legislativa tem defendido, sobretudo, o setor produtivo - de onde veio. Sobre esses e outros assuntos ele responde às "três perguntas do dia..."


CB- Como avalia o projeto de lei que proíbe o GDF de contratar empresas ligadas aos deputados?
Rafael Prudente: Sou favorável ao projeto, mas ele precisa ser mais abrangente, por isso apresentei emendas a proposta. A Ideia é ampliar o projeto incluindo também integrantes do poder executivo, como Governador, Vice-governador, Secretários, subsecretários, Administradores Regionais e presidentes e diretores de empresas públicas, autárquicas ou fundacionais. Nós nos preocupamos aqui em não colocar só parlamentares, mas também membros do Poder Executivo, que poderiam muito bem de acordo com a atual legislação assinar um contrato com sua própria empresa.

Em relação ao atual governo, Rafael Prudente se considera base, oposição ou em negociação?
Minha postura ou linha política não pode ser atribuída a nenhuma destas opções: base, oposição e muito menos em negociação. Vou manter a postura que adotei no primeiro semestre todo. Sou Independente e vou votar favorável somente aos projetos que não venham prejudicar a população. Não tenho vinculo com o governo, não fiz nenhuma indicação para cargos, não indiquei nenhum administrador e por isso não estou comprometido com o governo. Meu compromisso é com a sociedade.

De que forma o governo local pode atuar para ajudar o setor produtivo a sair do sufoco?
Venho do setor produtivo e sei o que está acontecendo. Falta incentivo, falta infraestrutura, falta atenção do governo para o setor. É preciso abrir novas linhas de crédito com juros menores para os empresários, principalmente para os micro e pequenos empreendedores. Temos que criar novas Áreas de Desenvolvimento Econômico - ADEs em todo o Distrito Federal. O Governo precisa pagar o que deve aos fornecedores (dívidas do ano passado) e movimentar o mercado, isso abriria mais postos de trabalho e daria mais fôlego as empresas. É preciso diminuir o números de secretarias. O governo tem que ser mais ágil na liberação de alvarás, habit-se e licença de funcionamento. Muitas imóveis estão fechados por falta de autorização de funcionamento. Muitas medidas já poderiam ter sido adotadas, é preciso mais vontade política para fazer Brasília dar certo.

Ganhando espaço

Imagem da Internet
Nem Bessa, nem Fraga... É Rôney

Depois de participar de reunião para tratar da reestruturação da carreira dos militares do DF, que precisa passar pelo Congresso, o deputado federal Rôney Nemer (PMDB) tem feito investidas em outra força de segurança: a Polícia Civil. Levou os aprovados no último concurso para uma reunião com o então secretário de Gestão Administrativa Paulo Vogel. Ficou definido que um cronograma de nomeações será feito.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Emergencial

Imagem da Internet
Contrato para gerir restaurante

O GDF, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, fechou mais um contrato sem licitação. Desta vez para preparação de refeições do Restaurante Comunitário de Brazlândia. A empresa escolhida foi a Visual Eventos. O custo por 180 dias de serviço será de R$ 1,8 milhão.

Cerveja

Festa da cerveja em Brasília

A exemplo do que acontece em outras partes do Brasil e no mundo, Brasília também terá sua "festa da cerveja". Mas não será em outubro, quando ocorre a tradicional October Fest. O evento na Capital, organizado pela Anima Promoções, será realizado nos dias 4, 5 e 6 de setembro, no Mané Garrincha.

Melhora

Imagem da Internet
Usado ganha espaço diante da crise

A venda de veículos usados no DF apresentou resultado positivo em junho, se comparado a maio. Foram fechados 18 mil negócios no período. O que representou alta de 13,1%. Se o parâmetro for junho do ano passado, o saldo é ainda melhor: as vendas aumentaram 63%. Os números são da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores, a Fenauto.

É comida!

Imagem da Internet
PMDF: R$ 2,3 milhões em feno e ração

A Polícia Militar abriu licitação para comprar feno e ração para os cavalos da corporação. O valor estimado é de R$ 2,3 milhões. A empresa vencedora será conhecida no dia 29.

terça-feira, 21 de julho de 2015

Afago

Imagem da Internet
Paulo Feitosa: cidadão honorário

Administrador do Sudoeste/Octogonal, militante do PSB, ex-diretor do Hospital Regional da Asa Norte, o médico Paulo Feitosa vai receber o Título de Cidadão Honorário de Brasília. A proposta, aprovada pela Câmara Legislativa, é de autoria do deputado Dr Michel (PP).

Depois de Alírio...

Abrantes: homenagem ao filho

Ex-deputado e suplente de distrital, Cláudio Abrandes (PT) tem adotado um discurso mais leve nas redes sociais. Com isso, a vida pessoal ganhou mais espaço. Recentemente exibiu a nova tatuagem, em que homenageia o filho.

Ampliação

Imagem da Internet
Base: mais espaços para eventos

O Base Concept Hotel, que fica na região do Aeroporto JK, vai ganhar mais duas salas para eventos. A previsão é inaugurá-las até o fim do ano. Cada sala terá capacidade para 250 pessoas. Atualmente o hotel conta três espaços para eventos – um para 180 pessoas e duas para 25 pessoas cada.

Três perguntas para... Hélio José

Imagem da Internet
Hélio: GDF tem ouvido mais o PSD


Ele chegou ao Senado Federal na condição de suplente. Nunca havia exercido mandato. No entanto, ao longo dos últimos seis meses, mostrou que sabe fazer política. O senador Hélio José (PSD) já se reuniu com lideranças de praticamente todas as regiões administrativas, tem uma agenda legislativa extensa e bom transito entre sindicatos. Sobre esses e outros assuntos responde às "três perguntas do dia..."


CB- Acostumou com o senado?
Hélio José: Depois de seis meses já é tempo de acostumar. Temos trabalhado muito, participo de dez comissões, sou coordenador da bancada do DF no Congresso e presidente da Frente Parlamentar Mista da Infraestrutura Nacional. Dedicação e muito trabalho.

Como avalia os seis primeiros meses do governo local?
Avalio que os seis primeiros meses do governo local houve muitas dificuldades. O GDF estava quebrado, com várias dívidas nos setores da saúde, educação e outros contratos. Nesse período, a atual gestão tem trabalhado para consertar a casa. Avalio as ações até agora como medianas, nota cinco, porque o governo não teve tempo de aplicar o programa.

O governador Rollemberg tem ouvido mais o PSD?
Sim. O governo tem procurado ouvir os vários setores políticos do DF, via a formação do Conselho Político, que se reúne semanalmente. Nós do PSD, somos governo. Elegemos o vice-governador, um senador e um deputado federal, tendo portanto quadros que poderão contribuir para o sucesso do governo.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Expectativa

Imagem da Internet
TRE terá novos integrantes

Está nas mãos da presidenta Dilma as duas listas tríplices para a escolha dos novos titulares do Tribunal Regional Eleitoral do DF. Na disputa estão os advogados André Macedo de Oliveira, Renato Oliveira Ramos, Luís Maurício Daou Lindoso, Everardo Ribeiro Gueiros Filho, Eliene Ferreira Bastos e Cleber Lopes de Oliveira

Agora sim

Imagem da Internet
Vera Canfran: nova secretária

Agora é oficial. Vera Canfran assume a comunicação do GDF nesta segunda-feira (20).

Sem efeito

Imagem da Internet
CLDF: tem vaga, mas não há como usar


A Câmara Legislativa conta com uma vaga na garagem (a 885), no segundo subsolo, destinada a carro elétrico ou híbrido. Mas nunca foi usada porque não há equipamento para recarga.

Opinião da semana

Imagem da Internet
O DF não pode esperar

Quando dizem que o atual GDF é um governo de teóricos, para o provão significa que pensam muito e agem pouco. Mas, como tudo que é ruim pode piorar, não seria na educação que iriam conseguir uma ação imediata. Numa área recheada de petistas, que o atual governo não cansa de acusar pela herança maldita, mas que permanecem mandando. Não sem sentido se apresentar um plano de educação para 10 anos. Ou seja: quase uma geração de estudos vai ter que esperar para sentir alguma melhora, quem sabe em 2025. Mas e o hoje? Vamos continuar com escolas em péssimo estado, merenda de péssima qualidade, sem professores já no final do primeiro semestre de 2015 e nas creches temos um fato novo: falta de vaga suprida por decisão judicial. Já são mais de 250. Mas o que não se enxerga nestes casos é que as vagas não existem e as creches estão ficando entulhadas de crianças. As conveniadas adoram, afinal quanto mais crianças, mais os donos de creches recebem o precioso per capta. O escândalo da má aplicação dos recursos das creches no governo passado continua da mesma forma e do mesmo jeito. Um verdadeiro absurdo. Já tá na hora dos promotores da PROEDUC levantarem das cadeiras e visitarem as escolas e creches do DF e descobrir o que todo mundo já sabe. A educação tá tão ruim quanto à saúde e nossas crianças e jovens não podem mais esperar que melhore apenas na teoria. É hora de ação, pois a educação pode não conseguir sair da UTI por falta de médico e de remédio, como acontece em todo o DF.

domingo, 19 de julho de 2015

Espaçoso


Comando Oeste vai mudar de endereço

O Comando do Policiamento Regional Oeste da PM deixará o prédio que ocupa em Taguatinga e vai passar a funcionar dentro do 17o batalhão em Águas Claras.

sábado, 18 de julho de 2015

Ruim

Receita baixa em 2014


A receita operacional líquida da Caenge em 2014 foi de R$ 51 milhões. O número é 75% menor do que o registrado no ano anterior. Isso afetou diretamente os lucros, que fecharam no vermelho (em R$ 8,4 milhões).

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Economia

Divulgação
Agaciel Maia: economia

No acumulado de seis meses, o deputado Agaciel Maia (PTC) foi o único entre os distritais que não usou um centavo sequer da verba indenizatória. Com isso, gerou economia de R$ 151 mil aos cofres públicos. A verba indenizatória é usada para cobrir despesas com combustível, aluguel de escritório, divulgação da atividade parlamentar e contratação de consultoria.

Em defesa dos PMs



O deputado federal Fraga (DEM) gravou um vídeo (acima) em que manda um recado ao governador. Segundo o parlamentar, Rollemberg não tem respeitado os policiais militares. Todos estariam correndo risco de ficar sem atendimento médico porque o GDF não pagou os hospitais que mantém convênio com a PM.

Mais tempo

Novo decreto para a saúde

O GDF prorrogou por mais 180 dias a situação de emergência na saúde pública. Com isso, a Secretaria de Saúde continua autorizada a fazer compras sem licitação.

Recesso?

Imagem da Internet
Liliane: gabinete itinerante em julho

A distrital Liliane Roriz (PRTB) não perde tempo. Tem aproveitado o recesso parlamentar para visitar as regiões administrativas. Nesta quinta-feira (16) esteve em Samambaia, onde ouviu as demandas da população. Falta de segurança foi a principal reclamação. A comunidade pediu ainda mais creches, reforma de espaços de lazer e melhorias na saúde. A deputada prometeu levar alguns moradores para uma audiência com o governador.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Aumentar as fileiras

Foco na formação de militantes

O PSB-DF marcou para o próximo sábado (18), na sede do partido no Conic, a primeira edição da Jornada de Formação Política - voltada para novos militantes. O objetivo é consolidar os filiados e ampliar a base.