quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Até hoje...

Imagem da Internet
GDF não renovou contrato

Ex-funcionárias da GVP, que prestava serviço de recepção na rede pública de saúde do DF, continuam sem receber verbas rescisórias. O contrato com a Secretaria de Saúde venceu há dois anos e não foi renovado. "Os representantes da firma sumiram. Não atendem sequer telefone", desabafou uma das vítimas do suposto calote. O caso está na Justiça, mas os oficiais não conseguem notificar os responsáveis pela empresa.

5 comentários:

  1. Infelizmente a empresa contratante foi a GVP Consultoria, mais prestamos nossos serviços para a secretaria de saúde, o que nos foi informado é que a SES ñ pagou p a empresa as notas referentes ao ano de 2014, caberia a secretaria de saúde pagar esse dívida para as prejudicadas , no caso nós as recepcionistas, só que simplesmente estamos sendo ignoradas por ambos a caloteira GVP empresa picareta e a Secretaria de saúde, no meu ponto de vista caloteiros também, pois se tem as notas em aberto, nada mais do que justo que eles pegarem para a gente, essas notas em aberto do ano 2014 p nós que fomos as prejudicadas nessa história.

    ResponderExcluir
  2. Realmente uma falta de respeito tanto da empresa contratada quanto da Secretaria. As pessoas que trabalharam não podem ser penalizadas pelas falhas do sistema.

    ResponderExcluir
  3. Já que a empresa sumiu a secretaria de saúde tem que assumir as dívidas é nos pagarem trabalhamos e hoje estamos sendo prejudicadas por uma empresa caloteiros. Espero que a secretaria de saúde Tomé províncias. Não vamos desistir dos nossos direitos!
    Queremos resposta da secretaria de saúde sobre isso!

    ResponderExcluir
  4. Um absurdo e total falta de respeito com os trabalhadores, pq todos trabalham pq precisam, a secretaria de saúde tem que arca com os prejuízos desses trabalhadores.

    ResponderExcluir
  5. É um absurdo.
    Por favor um advogado que possa tomar a frente e ajudar esses trabalhadores...

    ResponderExcluir