sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Foto da discórdia

Imagem da Internet
Secretários visitam Zoonoses

O secretário de Saúde, Humberto Fonseca, teria apagado do perfil pessoal do Facebook o registro (foto acima) de uma visita que fez ao Centro de Controle de Zoonoses ao lado do secretário de Meio Ambiente, André Lima. Na postagem ele se gabava do fato de ser o primeiro secretário de Saúde a visitar o local nos últimos 20 anos. Isso foi o estopim para que a ativista em direitos dos animais Carolina Mourão entrasse em cena. Ela classificou a visita como eleitoreira. E questionou: "Por que o senhor retirou seu post sobre a 'visita sorridente ao CCZ? Vamos lá, mantenha sua postagem! Sou presidente da Federação do DF de Defesa Animal e da Confederação Brasileira. Há quase dois anos a CPI dos Maus-Tratos aos Animais da Câmara Federal e toda a imprensa estiveram presentes ao acampamento montado pela sociedade civil indignada, em frente à Zoonose DF, onde permaneceram por 17 dias e noites, após vazado o vídeo em que animais foram abusados ali dentro para um ‘treinamento’ ilegal de reciclagem de agentes de saúde, que mataram os animais de choque hipovolêmico de tanto retirar deles seu sangue, com imensa imperícia, onde funcionários ‘vomitavam’, obrigados a atuar sob ameaça de demissão, e os animais ‘gemiam e se urinavam de dor’, em um flagrante de assédio moral e crime ambiental dentro da administração púbica". O secretário manteve a crítica da ativista na timeline, mas não a respondeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário