quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Tá sobrando...

Imagem da Internet
Auditoria constata desperdício

A Controladoria-Geral do DF constatou que dos 3.504 pontos telefônicos da Secretaria de Saúde, 538 estavam sem funcionar em julho de 2016 - mês em que a auditoria foi feita. Apesar disso, a pasta pagou pelo assinatura básica. Pelos cálculos dos auditores, o desperdício de recursos públicos passou de R$ 19 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário