terça-feira, 28 de março de 2017

Deu errado

Imagem da Internet
Renato Lima: passagem rápida pelo MS

A propósito, o diretor de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde, Renato Lima, irmão do prefeito de Planaltina de Goiás, Dr. Davi (do Pros), está a um passo de ser exonerado do cargo. A explicação? Denúncias de ilegalidade na compra de medicamentos contra o câncer da China, que não teriam eficácia comprovada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário