segunda-feira, 7 de maio de 2018

Alvo

Imagem da Internet
Aprovados em concurso teriam sido preteridos

Representação do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do DF pede apuração de possíveis irregularidades cometidas pela Secretaria de Educação, relacionadas à admissão mediante processo seletivo de educadores voluntários sociais. Entre os problemas, segundo o MPC, está o fato de existência de candidatos aprovados em concurso público para o cargo de monitor de gestão educacional ainda não convocados pela Pasta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário